As livrarias mais bonitas do mundo – Parte II

Depois dessa breve viagem da França até Portugal, chegamos ao nosso segundo ponto de parada: A Livraria Lello e Irmão, localizada na cidade do Porto, em Portugal.

A livraria Lello tem um passado francês, já que parte da loja atual foi originalmente a Livraria Chardron, fundada em 1868 pelo cidadão francês Ernesto Chardron, editor de importantes obras de Camilo Castelo Branco em Portugal, segundo a Wikipedia.

Em 1894, o português José Pinto de Sousa Lello – que já tinha a sua própria loja e editora desde 1881 -, associado ao seu irmão Antònio Lello, adquiriu a livraria Chardron, e criou a Livraria Lello e Irmão.

O estabelecimento atual, na Rua das Carmelitas, nº 144, foi inaugurado em 1906 após a concretização do projeto de um importante engenheiro português chamado Francisco Xavier Esteves. No dia da inauguração, os irmãos contaram com a presença de importantes nomes, como Guerra Junqueiro, Abel Botelho, João Grave, Bento Carqueja, Aurélio da Paz dos Reis, José Leite de Vasconcelos e Afonso Costa.

 

Após a morte de seus fundadores, a livraria passou por processos de modernização e atualização, sendo inteiramente restaurada e informatizada em 1995. Acompanhando esse movimento, o espaço ganhou uma galeria de arte e espaço para reunião entre leitores e discussão de obras.

A Livraria Lello e irmão está nessa lista devido ao impacto causado pela sua arquitetura. Em estilo neogótico portuense, as instalações contemplam bustos de escritores portugueses como Antero de Quental, Eça de Queirós, Camilo Castelo Branco, entre outros.

Suas prateleiras rebuscadas, esculpidas em madeira, e a escada vermelha em espiral, que remete ao desabrochar de uma flor exótica, compõem as atrações da loja.

No primeiro piso, é possível encontrar um café iluminado por raros vitrais coloridos com os dizeres em latim “Decus en Labore” que significa “Dedicação ao Trabalho”.

 

Para os mais interessados em conhecer e viajar pelos corredores da Livraria Lello & Irmão, seguem alguns links dos quais eu retirei as informações acima:

http://fragmentosculturais.blogspot.com

http://flavorwire.com/

http://pt.wikipedia.org/

http://www.flickr.com/photos/11239438@N03/6446308405/?q=decus%20in%20labore

Próxima Parada: Milão, Itália.

Vamos juntos?

Um abraço e boa semana!

Um pensamento sobre “As livrarias mais bonitas do mundo – Parte II

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s